Flores

Regras de Treinamento no Kojira Jyuko Kanie Dojos – Brasil.

É necessário respeitar os ensinamentos e a filosofia do Fundador, bem como a maneira como ele os veiculou.  Nosso estudante tem a responsabilidade moral de nunca se valer da técnica do aikidô para ferir outra pessoa ou exibir-se. Não se trata de uma técnica de destruição, mas de criação. Constitui um meio de edificar uma sociedade melhor graças ao aperfeiçoamento do caráter do indivíduo.

No tatame, não haverá conflitos egoístas. O Aikidô não é briga de rua. Você está no tatame a fim de transcender e purificar as suas reações agressivas. Não haverá competição no tatame. O objetivo do Aikidô não consiste em lutar e derrotar um inimigo, mas de lutar e derrotar os próprios instintos agressivos.  O poder do Aikidô não está na força física e sim na flexibilidade, comunicação, sincronia, harmonia, controle e modéstia.

Não se tolerará a insolência no Kojira Jyuko Kanie Dojo. Todos temos de conhecer as nossas limitações. Cada pessoa tem diferentes habilidades físicas e diferentes razões para o estudo. Isso deve ser respeitado. O verdadeiro Aiki é a aplicação adequada e flexível às mudanças de situação. Você fica responsável por não provocar ferimentos. Deve proteger a si mesmo e ao parceiro.

Acate as instruções do Sensei e aplique as suas sugestões a fim de treinar sinceramente e tirar o melhor de sua capacidade. Não há lugar para discussões. Todos os alunos estudam os mesmos princípios. Evitar-se-ão os conflitos entre grupos e a escolha de lados.  Os membros do Kojira Jyuko Kanie Dojos perfazem uma família: – Na harmonia reside o segredo do aikidô.