Aikidô on Line

Lembrando Kanai Sensei
Traduzido por Cecília Aiko
Revisado por Ricardo Martins

http://www.aikidoonline.com/
http://www.aikidoonline.com/articles/shihankai_articles/kanai/Kanai_Remembering.php

Nota do Editor: Passaram 09 (nove) meses desde a morte do Kanai Sensei. Kanai Sensei faleceu em março de 2004. Kanai Sensei tinha um imenso impacto em todos que o conheciam. Ele era realmente um homem único, um gigante do Aikidô e do Iaidô, um artista e artesão soberbo, um homem de família, e magnífico ser humano. Todos que o conheceram experimentam um enorme sentimento de perda; talvez sua família e alunos sejam aqueles que o sentem mais que todos.

Kanai Sensei

Preparar esta seção imortalizando Kanai Sensei foi muito difícil, principalmente porque sabemos que tudo o que dissermos ou fizermos agora não poderá captar a totalidade de quem ele era. De qualquer modo, esperamos que essa pequena coleção de artigos e imagens não sejam muito inadequados. Com o passar do tempo iremos acrescentando mais material a esta seção.

Esta seção começa com dois excertos (a primeira e a última seção) de Aikido Técnico de Kanai Sensei. A seguir o texto Conclusão.

Estas palavras, suas palavras foram escolhidas para serem faladas pelos estudantes do Sensei Kanai em seu “Memorial” em 10 de Abril de 2004.

Ao ler esse prefácio e estudar por intermédio de seus artigos em sua série “Technical Aikido” ajudarão a contextualizar este extrato . Abaixo do original deste você encontrará “links” para um artigo informativo que foi impresso novamente no jornal da cidade natal do Sensei Kanai, 02 (duas) lembranças reflexivas preparadas pelo seus alunos e um artigo a respeito da vida do Sensei Kanai retirado do The Boston Globe.

Gostaríamos de agradecer à Cecília Aiko por oferecer-se para iniciar uma seção dedicada às traduções em português. Esperamos ansiosamente poder acrescentar mais artigos e expandir a seção para incluir outros idiomas.

Aikido Técnico

Kanai Sensei – Nague Waza


Conclusão: Desenvolvimento de Olhos para diferenciar o Falso do Verdadeiro.

Por Mitsunari Kanai, 8º dan

Aikido é…

No cerne da prática do AIKIDO, mais que qualquer outra coisa, está o treino contínuo e a disciplina do corpo e mente para o desenvolvimento da sabedoria. Na eventualidade de um confronto, o comportamento brutal direcionado exclusivamente para a autoproteção e agressão do oponente deve ser evitado a qualquer custo. Desenvolver a determinação de resolver um confronto com onisciência e onipotência (significando usar não somente técnicas. Mas, aplicar todas as habilidades e sabedoria obtidas) é BUGOKORO (espírito/mente do BUDO). Deve-se constatar que o AIKIDO é nada mais, nada menos que a expressão e personificação desse BUGOKORO.

Hasso no Kamae

YAMATOGOKORO é o que o AIKIDO defende

Como o AIKIDO inclui elementos do BUGI (técnicas de combate), é inevitável que, às vezes, o praticante de AIKIDO enfrente a possibilidade e realidade de circunstâncias de confronto. Se alguém séria e continuamente vê-se face à realidade de estar cara-a-cara com um oponente em uma situação de luta onde a sua vida está em perigo, ou seja, onde a sobrevivência de um obriga à derrota do outro, e se reconhece total e amplamente a relação entre si e o oponente, isso o levará a descobrir a técnica mais lógica e eficiente de lutar.

É todavia verdade, por mais paradoxal que pareça, que na busca da perfeição deste princípio, atinja-se um estado de harmonia nascido da compreensão de que não importa o quão forte alguém seja, não se pode continuar a existir se tentar lutar contra toda forma de vida. Esse é o “Caminho” (ou processo) para alcançar a harmonia pregada pelo AIKIDO.

Deve-se ter em mente, entretanto, ao mesmo tempo em que se tenta compreender ou alcançar o princípio da harmonia, que sem passar por um processo de transformação interno que começa no estado de confronto e somente depois de trabalhar através de um processo crucial que finalmente levará ao estado de não-confronto, não pode haver o BUDO.

Em circunstâncias normais, seres vivos vivem em grupos, não sozinhos. Uma característica básica da existência social é o desenvolvimento de descrições relativas, ou comparações, por exemplo, forte versus fraco. Cada um tenta usar suas qualidades individuais para obter vantagem considerando sua relativa força e fraqueza. O processo que finalmente levará ao BUDO começa com esforços para compensar o ponto fraco através do desenvolvimento de qualidades específicas (por exemplo velocidade, ou força, ou tamanho, ou facilidade de usar armas). Conseqüentemente, em situações normais, viver no mundo nos leva, às vezes, a situações de confronto, e o desenvolvimento crescente de técnicas efetivas para enfrentar esses confrontos finalmente nos leva à percepção de que existe sempre alguém ou algo maior ou mais forte que nós mesmos.

No final das contas constatamos que a defesa mais efetiva é fundir-se e tornar-se parte do oponente. Essa é a maneira como o princípio de confronto evolui para o princípio de não-confronto.

YAMATOGOKORO é a idéia de que a razão para o desenvolvimento das artes marciais é proteger aqueles que são incapazes de defenderem-se sozinhos de agressores. O patrocinador dessa filosofia dedica-se ao desenvolvimento do BUDO para proteger a segurança de pessoas pacíficas contra a vitória da crueldade e violência. Essa idéia está no coração do AIKIDO.

Deve-se entender que o AIKIDO inclui uma filosofia e idéias que vão além das artes marciais definidas como a prática de técnicas de combate. Por essa razão a arte marcial está contida no AIKIDO, mas o AIKIDO vai além das artes marciais. AIKIDO defende a idéia de que BUDO, o princípio do confronto e o princípio do não-confronto podem ser combinados sem compromenter nenhuma das essências fundamentais de cada um deles. De qualquer modo, é triste notar que muito do que é chamado prática compromete esses elementos. O que segue é uma descrição técnica dos princípios físicos que devem verdadeiramente guiar a prática do AIKIDO no intuito de alcançar a total, e não a parcial, realização dessa arte.

Conclusão: Desenvolver Olhos para Diferenciar o Certo do Errado.

Eu realmente acho que vale a pena admirar, apreciar e louvar a beleza dos movimentos do AIKIDO, e a bela, harmonizada estabilidade produzida por suas técnicas avançadas e práticas altamente desenvolvidas.Por ser tão belo aos olhos do espectador, e ter um lado artístico através do qual cada pessoa pode desenvolver sua própria filosofia, o AIKIDO vem ganhando amplo reconhecimento e espalhando-se largamente na sociedade.

Por causa dos fatores singulares do AIKIDO, que são as suas técnicas de evitar confronto e criar unidade e harmonia, o AIKIDO tem sido aceito pelo mundo e aplaudido por muitas pessoas como o belo “BUDO” do “WA” (arte marcial da harmonia). Além disso, existem pessoas que, correspondendo a uma demanda social, procuram o AIKIDO baseando-se na visão de que a técnica perfeita é a essência do AIKIDO.

Mesmo que os movimentos do AIKIDO sejam realmente muito bonitos aos olhos, não se deve perder de vista a sua real essência. Nós normalmente somos hipnotizados por sua beleza. Mas justamente por estarmos tão presos a essa beleza, tendemos a esquecer a essência do AIKIDO e o caminho que sua prática deve tomar. Eu gostaria que as pessoas soubessem que a beleza da forma do AIKIDO, que transparece externamente, é somente um subproduto da sua eficiência prática baseada nas relações de ataque e defesa que acontecem inevitavelmente em nossa vida social.

A razão pela qual eu procuro a eficiência além da beleza no AIKIDO é meu desejo de verificar a essência de suas bases fundamentais corretamente, mesmo quando manifestas na forma de beleza. Eu gastei toda minha vida e uma enorme energia para conseguir reconhecer o Caminho do Aikido. Eu tenho praticado somente por isso.

Se alguém pode olhar firme e puramente para a essência do Budo, vai recolhecer certamente que o Aikido não é um capricho em forma de esporte. Eu gostaria que as pessoas não esquecessem que olhar firmemente o Aikido através dos olhos do Budo, que é baseado no princípio que a substância racional e prática de qualquer coisa é seu aspecto mais belo, é de importância crítica para aprender o Aikido, e inclui a maior parte das práticas.

© Mitsunari Kanai 1994-2005
http://www.aikidoonline.com/articles/shihankai_articles/kanai/Kanai_Remembering.php
http://www.aikidoonline.com/

© Aikido Online, Inc. 1998-2009 All rights reserved.